Como Fazer Cadastro Minha Casa Minha Vida

Como Fazer Cadastro Minha Casa Minha Vida

Veja que Fazer cadastro Minha Casa Minha Vida não é tão complicado como muitos falam, no entanto, é necessário entender antes o processo.

Advertisement

Sendo assim, veja as dicas para se cadastrar com sucesso!

Criado em 2009 durante o governo Lula, este programa do governo já ajudou a milhões de brasileiros para realizarem o sonho de ter uma casa própria.

Afinal de contas este é o desejo da maioria de nós brasileiros, que apesar de muitos esforços raramente conseguiríamos comprar uma casa sem algum tipo de financiamento.

No entanto, para você conseguir fazer parte deste Programa Habitacional especificamente, é preciso antes realizar um cadastro. E nós aqui vamos mostrar o passo a passo de como fazê-lo.

Advertisement

Então, veja o que temos sobre Como Fazer Cadastro Minha Casa Minha Vida:

Como fazer cadastro Minha Casa Minha Vida sem complicações

Realizar o financiamento de uma casa própria pelo programa MCMV é certamente uma ótima maneira de garantir que você terá mais tempo para pagá-lo.

Além disso, os juros desse tipo de financiamento são bem mais acessíveis.

Contudo é preciso seguir alguns passos para se cadastrar neste programa tão amplo e administrado pela Caixa Econômica Federal. Então os conheça!

Passo 1: Se certificar que possui os requisitos necessários

Antes mesmo de fazer o cadastro, é preciso checar se você pode participar do programa.

Sim, pois existem algumas condições que são excludentes, as quais servem para garantir que o financiamento irá para quem precisa de fato.

Advertisement

Além disso, com essas regras também se evita fraudes e maus usos do dinheiro público, inclusive.

Logo, você precisa se certificar que não possua outro imóvel e nenhum outro financiamento imobiliário ativo.

Igualmente não poderá estar fazendo parte de nenhum programa social do governo voltado à habitação, por exemplo.

Após isso, precisa se certificar que o imóvel que deseja está localizado na sua cidade, ou na cidade na qual você trabalha, além de garantir que o mesmo não será usado para outros fins que não moradia.

Por fim, checar se sua renda mensal bate com as faixas do programa, que começa a partir de R$1.800 mensais.

Ah, também é necessário que confira se o seu nome não consta no Cadastro Nacional dos Mutuários e nem no CADIN – Cadastro de Créditos não Quitados (do setor público).

Se todas estas condições supracitadas foram cumpridas, então vamos para o próximo passo do cadastro Minha Casa Minha Vida.

Passo 2: Confira sua faixa

Existe algo no programa MCMV que são as conhecidas “faixas”.

Na verdade são 4 e cada uma apresenta-se determinada necessidade de comprovar renda familiar que o proponente, portanto, deverá se encaixar..

Por exemplo, na faixa 1, a renda terá que ser de até R$ 1800 – lembrando que a essa renda, soma-se os ganhos mensais de todos os membros economicamente ativos da família.

Para os pertencentes desse nível de renda, o restante do procedimento terá que ser realizado na prefeitura da cidade onde reside.

Acima disso, ou seja, se você por acaso pertencer a outras faixas ( a saber: 1,5; 2 e 3) então terá que se dirigir até a agência da Caixa.

Passo 3: cadastro Minha Casa Minha Vida e os documentos exigidos

Um velho paradigma da burocracia brasileira: chegou a hora de reunir todos os documentos necessários para fazer parte do MCMV.

Esta parte é fundamental, já que um erro pode arruinar completamente sua chance de ter uma casa própria.

Então preste atenção e reúna os seguintes documentos:

  • Como de praxe, o RG e o CPF;
  • Os comprovantes de renda, que podem estar em forma de contracheque ou Holerite, mas quem for autônomo pode levar extratos bancários ou mesmo um pró-labore;
  • Um comprovante de residência atualizado, de preferência que seja mais próximo da data de solicitação.
  • Se você contribui com o imposto de renda, leve a guia de pagamento. Se não, não é necessário;
  • Algum documento que comprove seu atual estado civil, ou seja, certidão de casamento se for casado, de nascimento se não for e para divorciados, a certidão averbada de casamento.

Passo 4: Se encaminhar até a prefeitura

Bom, se você pertence à faixa 1, então deve se dirigir até a prefeitura da sua cidade.

Se informe, portanto, qual o departamento que é o responsável pelo Minha Casa Minha Vida na sua cidade – geralmente, é tarefa da Secretaria de Habitação, mas isso pode variar.

Lá, você vai poder fazer a inscrição e entregar os seus documentos.

Conclusão

Vimos aqui como fazer cadastro Minha Casa Minha Vida, no entanto, lembramos ainda que as inscrições não são feitas a qualquer momento do ano. Muitas vezes elas abrem dentro de certo período.

Ultimamente, porém, novas regras estão sendo pensadas para o fim específico de atender mais famílias e incrementar o setor da construção civil, portanto, fique atento!

Veja que não é tão complicado providenciar pessoalmente seu cadastro, no entanto, saiba que existem muitos agentes imobiliários especialistas neste assunto, os quais poderão também lhe ajudar.

Por fim, destacamos que acessando o site da Caixa, poderá saber mais sobre os financiamento disponibilizados para a habitação, inclusive o MCMV.

No entanto, se ainda dúvidas permanecerem ENTRE EM CONTATO e lembre-se de validar nosso trabalho COMPARTILHANDO este artigo!

Veja também

Esse site usa cookies Ok Mais detalhes

Termos & Política de Privacidade
error: Conteúdo protegido!!